fbpx
Entrevista com o ex-ministro Luiz Henrique Mandetta

Entrevista com o ex-ministro Luiz Henrique Mandetta

Dois dias após o depoimento prestado à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia, o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta concede entrevista exclusiva ao InfoMoney. O bate-papo está marcado para as 16h (horário de Brasília) desta quinta-feira (16).

Mandetta esteve no comando do Ministério da Saúde durante a gestão do presidente Jair Bolsonaro até 16 de abril de 2020, data em que o Brasil acumulava 1.924 mortes por Covid-19 ‒ hoje são 407.775.

Durante sua oitiva na CPI, o ex-ministro defendeu o respeito ao conhecimento científico na tomada de decisões de enfrentamento à pandemia, argumentou favoravelmente ao isolamento social como medida para frear o ritmo de transmissão do novo coronavírus e disse ser inadequada a prescrição de medicamentos sem eficácia comprovada para o tratamento da Covid-19.

Mandetta apresentou aos parlamentares uma carta que entregou a Bolsonaro quando ainda ministro, alertando para a gravidade da pandemia e indicando possíveis cenários em termos de mortes até dezembro de 2020 – no mais pessimista, a projeção indicava 180 mil vidas perdidas, quase 15 mil a menos do que acabou registrado no período.

Ele disse, ainda, ter testemunhado diversas vezes a presença dos filhos de Bolsonaro em reuniões ministeriais e indicou que o presidente contava com um “assessoramento paralelo” em matérias relacionadas à Covid-19 – o que culminava em divergências em relação ao que era recomendado pelo próprio Ministério da Saúde.

Além dessas questões, a entrevista abordará a atual conjuntura política e perspectivas na avaliação do ex-ministro, que também foi deputado federal por dois mandatos.
—–
Junte-se ao canal do InfoMoney no Telegram e receba notícias em tempo real e conteúdos exclusivos: https://t.me/infomoney_noticias

Cadastre-se na newsletter do InfoMoney para receber diariamente conteúdos para investir melhor: http://inf.money/newsletterdiaria

Fechar Menu